top of page
Nova Logo 2024.png
Search

GAMIFICAÇÃO E MÍDIAS DIGITAIS

Updated: Mar 15, 2023

Métodos de aprendizagem diferenciadas e mais eficazes, sempre foi um desafio para educadores, instrutores e profissionais que precisam encontrar uma forma efetiva e moderna para passar o conhecimento e ou garantir o engajamento, a participação de indivíduos em busca de um objetivo em comum a ser alcançado.




O termo gamificação (em inglês, gamification) vem reunir diversos conceitos que tentam agregar uma nova forma do homem se relacionar com o conhecimento e com o mundo em que vive.


Essa técnica traz um desafio que para muitos estava fora de questão, a de usar jogos em situações que aparentemente não são ou não deveriam ser brincadeira.


Muitas empresas atualmente acreditam que a utilização de games para o desenvolvimento de negócios é uma solução interessante e pode transformar positivamente o ambiente de negócios da empresa em questão. Mecânicas como missões, conquistas e ranqueamento são colocados na mesa direcionar ao conteúdo almejado pelo cliente.



De todas as técnicas que podemos abordar, como jogos convencionais, dinâmicas de grupo, desafios com recompensas, a que mais atrai atenção sem dúvida alguma é o da imersão.


A tecnologia do mundo virtual, principalmente em época de pandemia, está ganhando uma força nunca vista, e tornando o mundo “matrix” antes visto como um futuro distante, como algo atual. Temos hoje diversas redes sociais e empresas de games falando em metaverso.


Empresas cada vez mais investem em games, simuladores, gameficação do trabalho. Reuniões e encontros virtuais já fazem parte de nossas vidas a todo momento. A gamificacao em simulação imersiva na tecnologia, pode ser uma aposta assertiva para uma corporação que deseja a eficácia na produtividade e resultados.


Incorporar a tudo isso formas de recompensar os envolvidos, seja cliente e colaborador, pode ser uma experiência divertida. A diversão estimula participação, que estimula engajamento e empenho desassociado de stress e processos depreciativos.

Comments


bottom of page